Educação para a Saúde/Educação Sexual

Projecto Educação para a Saúde/Educação Sexual

Rua Álvaro Carneiro
4715-086 Braga
Portugal

micpaz@esas.pt

 

É urgente o Amor,
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.
É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros,
e a luz impura até doer.
É urgente o amor,
É urgente permanecer 

                                                                                            Eugénio de Andrade

Vive a tua sexualidade com responsabilidade. Zela pela tua Saúde e pela dos outros!

Se ainda tiveres dúvidas ou questões(ou se apenas queres saber mais) dirige-te aos Gabinetes de Saúde Juvenil do IPJ.

Informa-te

Rua de Santa Margarida, 64

4710-306 Braga

Tel: 253 204 250

Fax: 253 204 259

E-mail: geral@juventude.gov.pt 

http://juventude.gov.pt/SaudeSexualidadeJuvenil/Paginas/default.aspx

 Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno(GIAA)

Horário de Funcionamento

Quinta -feira  das 10h00 às 12h00

Sexta-feira das 10h00 às 11h35

Local

Bloco E- RC

Equipa técnica

■Dr.ª Irene Paz (Docente de Biologia e Geologia);

■Dr. Nuno Torrinhas (Docente de Biologia e Geologia);

■Enf.ª Sandra Duarte (UCC Assucena lopes Teixeira);

 

GIIA VIRTUAL

A equipa da Educação para a Saúde está, a partir deste momento, mais acessível. 

Podes escrever um email, com as tuas preocupações, para giaa @ esas.pt

(CiênciaHoje)Tricomoníase é mais comum a partir dos 40 anos

02-08-2011 16:47

 

Embora se pense que as doenças sexualmente transmissíveis (DST) são mais recorrentes entre a camada mais jovem da população, um estudo da Escola de Medicina da Universidade Johns Hopkins, em Maryland (EUA) revelou que a tricomoníase –  uma DST responsável por dez  a 15 por cento dos corrimentos genitais infecciosos – pode ocorrer mais em mulheres acima dos 40 anos do que entre as mais novas.

Este estudo que foi apresentado no encontro anual da Sociedade Internacional para Investigação de DST, no Canadá, envolveu 7593 americanas de 28 estados, com idades compreendidas entre 18 e 89 anos.

Deste grupo, 8,7 por cento eram portadoras da doença, que  predominou entre as mulheres mais velhas: 13 por cento entre as de 50 anos e 11 por cento entre as de 40.

"Geralmente imaginamos que as DST ocorrem mais entre as jovens, mas o nosso estudo mostra claramente que há mais mulheres de idade avançada que estão infectadas", referiu Charlotte Gaydos, uma das autoras da investigação.

 

A tricomoníase é causada pelo parasita Trichomonas vaginalis e o seu tratamento é feito com antibióticos. Contudo, se não for tratada, esta DST pode causar inflamações pélvicas e complicações durante a gravidez.

Os doentes podem não apresentar sintoma algum, mas os sintomas mais comuns são a ocorrência de corrimento na vagina ou no pénis, com irritação ao urinar e prurido nos órgãos genitais.