Educação para a Saúde/Educação Sexual

Projecto Educação para a Saúde/Educação Sexual

Rua Álvaro Carneiro
4715-086 Braga
Portugal

micpaz@esas.pt

 

É urgente o Amor,
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.
É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros,
e a luz impura até doer.
É urgente o amor,
É urgente permanecer 

                                                                                            Eugénio de Andrade

Vive a tua sexualidade com responsabilidade. Zela pela tua Saúde e pela dos outros!

Se ainda tiveres dúvidas ou questões(ou se apenas queres saber mais) dirige-te aos Gabinetes de Saúde Juvenil do IPJ.

Informa-te

Rua de Santa Margarida, 64

4710-306 Braga

Tel: 253 204 250

Fax: 253 204 259

E-mail: geral@juventude.gov.pt 

http://juventude.gov.pt/SaudeSexualidadeJuvenil/Paginas/default.aspx

 Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno(GIAA)

Horário de Funcionamento

Quinta -feira  das 10h00 às 12h00

Sexta-feira das 10h00 às 11h35

Local

Bloco E- RC

Equipa técnica

■Dr.ª Irene Paz (Docente de Biologia e Geologia);

■Dr. Nuno Torrinhas (Docente de Biologia e Geologia);

■Enf.ª Sandra Duarte (UCC Assucena lopes Teixeira);

 

GIIA VIRTUAL

A equipa da Educação para a Saúde está, a partir deste momento, mais acessível. 

Podes escrever um email, com as tuas preocupações, para giaa @ esas.pt

Imagens

Itens: 1 - 10 de 35
1 | 2 | 3 | 4 >>

 

Bem-vindos ao nosso Site

Promover a Saúde na Escola é ajudar a construir uma atitude de cidadania ativa

 

Este site é dedicado à Educação para a Saúde/Educação Sexual da ESAS. Com este espaço online pretendemos chegar a todos os elementos da comunidade educativa  na promoção do debate sobre diversas temáticas: Consumo de substâncias Psicoativas, Alimentação e Exercício Físico, Sexualidade e Infeções Sexualmente Transmissíveis e Violência Escolar.

 

 

Projeto de Educação para a Saúde/Educação Sexual 

 

2016/17

 

 
 
ÁREAS DE INTERVENÇÃO
 
  1. Alimentação Saudável;
  2. Promoção de Afectos e Educação para a Sexualidade;
  3. Comportamentos Aditivos e Deoendências;
  4. Saúde Mental e Emocional.
 
 
ATIVIDADES A DESENVOLVER
 
  1. Dinamização do Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno;
  2. Sensibilização a toda comunidade escolar para a Alimentação Meditterrânica - 13 de Outubro;
  3. Sessões de esclarecimento "Carrocel de perguntas" no 2º período;
    1. 10º ano - 14 turmas
    2. 11º ano- 14 turmas
    3. 12º ano - 14 turmas
    4. Profissional
    5. Vocacional
  4. Sessão de esclarecimento  "Não fumar é o que está a dar" para o 7º ano no 1º período;
  5. Sessões de esclarecimento sobre Alimentação Mediterrânica para o 8º ano no 3º período;
  6. Suporte Básico de Vida para o 9º ano no 2º período a realizar pelo INEM;
  7. Eco PASSE ( Bar/Bufete certificado de acordo com as normas da Direção Geral da Saúde e Direção Geral da Educação).
 

2015/2016

       Áreas de intervenção

 
 
  •  Saúde Mental e Emocional; 
  •  Alimentação Saudável;
  •  Promoção de Afectos e Educação para a Sexualidade;
  •  Comportamentos Aditivos e Dependências.
 

 

Atividades a desenvolver

 

  • Formação PRESSE (Docentes e Assistentes Operacionais).
  • Formação em Primeiros Socorros(Docentes e Assistentes Operacionais).
  • Formação em Suporte Básico de Vida.
  • Rastreio Visual.
  • Comemoração do Dia Mundial da Alimentação.
  • Comemoração do dia Europeu do 112.
  • Semana da Fruta ( 3º período).
  • 3 workshops(1/período) com os Encarregados de Educação.
  • Ações de sensibilização( SIDA, IST, Alimentação, consumos nocivos, etc.).
  • Projeto CarryOn

 

 

2013/2014

Atividades a desenvolver durante este ano letivo

  • Candidatura ao projeto Dormir+ Ler Melhor
  • 2 dádivas de sangue
  • Ação de formação em Primeiros Socorros
  • Rastreio ( Peso, IMC, PA)
  • 3 Workshops sobre alimentação
  • Projeto: A Aventura de Crescer
  • Ações de sensibilização ( SIDA, IST, Consumos nocivos, etc)
  • Abertura do GIAA( Gabinete de informação e apoio ao aluno)
  • Risca o Risco - Projeto de Educação em Sexualidade para o 7º e 8º Ano.
  • Rastreio Visual - Alunos 7º, 8º e 10º de Ciências e Tecnologias.
 

 

 

 

2012/2013

Atividades para este ano:

1.  Ação de Formação - PROMOÇÃO DE SAÚDE EM MEIO ESCOLAR: Estilos de Vida saudáveis -  Inicia a 7 de novembro.

2. PREVENÇÃO DE HÁBITOS TABÁGICOS - Para assinalar o dia do não fumador algumas turmas do 10º ano vão no dia 19 de novembro ao Hospital Escala( Braga) assistir a uma palestra. Esta terá o seu início às 10 h e realizar-se-á no auditório daquela instituição. Será proferida pelo Dr. Manuel Macedo, do serviço de pneumologia deste hospital.

3. DÁDIVA DE SANGUE ( 30 de novembro).

3. SEMANA DOS ESTILOS DE VIDA SAUDÁVEIS - 10 a 13 de dezembro.

4. EDUCAÇÃO DO SONO

5.FORMAÇÃO EM PRIMEIROS SOCORROS - para professores e alunos do Curso Profissional de Turismo.

 

 

 2011/2012

O Plano Anual de Actividades(PAA) do Projeto de Educação para a Saúde/Educação Sexual acabou de ser aprovado pelos órgãos de administração e gestão da escola. No próximo ano letivo daremos continuidade ao nosso projeto de Educação Sexual iniciado em 2010/2011. Iremos desenvolver, pela primeira vez,  o Projeto Sono - Escolas.Os maus hábitos de sono, acarretam graves prejuízos para a saúde, para o sucesso escolar e para o comportamento social, nomeadamente na escola. Trata-se de um programa que procura responder  a  esta grave situação, propondo  formas de intervenção educativa.As atividades iniciam-se com uma sessão de sensibilização e informação geral, orientada pelas Coordenadoras ( Prof. Doutora Teresa Paiva e Prof. Doutora Helena Rebelo Pinto).

Promoveremos  ações de sensibilização (dádiva de sangue,  Sida,etc.), duas dádivas  de sangue, em colaboração com o Instituto Português do Sangue(IPS)-Porto e  um rastreio visual. Na Oficina de Expressão será trabalhado o tema da  revista Defacto " Aniversário". Concorremos à medida 3 do   Programa CUIDA-TE do IPJ . Esta medida promove ações de Teatro debate sobre temas de interesse dos jovens relacionados com a Educação para a Saúde. Na   candidatura escolhemos a temática: Dependências.

GIAA

Abertura - GIAA

14-01-2014 22:54
  O Gabinete de Informação e Apoio ao Aluno (GIAA) já está a funcionar. Tem como principal objetivo dar resposta às principais dúvidas dos jovens na área da sexualidade, consumo de substâncias, alimentação e outros problemas relacionados com a adolescência.   Objetivos: ■Promover o...

 

INQUÉRITO - OS ESTUDANTES E A SEXUALIDADE

Foram publicados na revista defacto os resultados  obtidos da aplicação do inquérito sobre Educação Sexual. O inquérito foi preenchido por 1199 alunos e teve como finalidade fazer uma primeira avaliação sobre os seus conhecimentos  e comportamentos relativos à sexualidade.

O estudo começa por fazer a caracterização sociocultural do grupo inquirido: 631 raparigas e 568 rapazes, alunos do ensino secundário, com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos de idade.

Quanto ao item "afectos", verificou-se que, neste grupo de alunos, cerca de um terço nunca namorou; outro terço já namorou, mas as relações já terminaram. Os restantes vão tendo namorados/as, na sua maioria que duram " entre dois meses e um ano". As características consideradas mais importantes na/o namorada/o são a simpatia, a alegria e o carinho.

À pergunta " alguma vez te falaram sobre sexualidade", 37 dos inquiridos responderam " não" e 1162 "sim", sendo a mãe, o/a professor/a e colegas as pessoas que mais lhes falaram sobre o assunto. No entanto, quando são eles a tomar iniciativa de procurar ajuda, fazem-no  recorrendo principalmente aos seus amigos, à Internet e, só depois à mãe e aos profissionais de saúde.

Neste grupo de alunos a maioria não teve relações sexuais. Do inquérito, conclui-se que a primeira relação sexual foi tida, por ordem do nº de respostas, aos 14, 15, 16, 17 e 18 anos. 

À pergunta 2 "em que situação ocorreu essa relação",a maioria respondeu que, simplesmente "aconteceu", seguido de "foi planeado"; um pequeno número diz: "fui obrigado/a", "estava sob o efeito de álcool" e "estava sob o efeito de drogas". A maioria fê-lo com o/a namorado/a. Quanto à frequência, a maioria responde "uma vez por semana", seguido de "irregularmente, mas com períodos intensos de vez em quando". Também a grande maioria até hoje só teve um/a companheiro/a sexual. A maior parte dos alunos diz que usa sempre preservativo  nas relações sexuais  e quem não o utiliza sempre apresenta como justificação "diminui o prazer sexual".

De entre as 631 raparigas que responderam ao inquérito, 4 dizem já terem feito um aborto e 2 têm um filho; 12 rapazes dizem também terem um filho.

Finalmente, quanto aos métodos contraceptivos que conhecem, as respostas foram, por ordem decrescente de conhecimento: preservativo, pílula, laqueação das trompas, vasectomia, espermicidas e métodos naturais. O preservativo e a pílula são os mais usados sob indicação (também por ordem decrescente) do médico, da mãe, de um amigo, do pai ou de um/a professor/a.

 

TEATRO   Sexo.0

 

Estreámos no passado dia 5 de Janeiro a nossa peça de  teatro sobre Educação Sexual. A ideia partiu do grupo que realizou, no final do ano lectivo 2009/2010,  a formação sobre Sexualidade promovida pela Casa do Professor. Em Setembro começámos a reunir elementos para podermos concretizar a nossa ideia. Os ensaios decorreram às quartas-feiras pelas 14h30 sob a direcção do nosso colega José Miguel Braga. O espectáculo tem a colaboração do Coro da ESAS sob a direcção do Maestro Joaquim Monteiro. Em Fevereiro, vamos retomar a nossa actividade fazendo espectáculos para Professores, Encarregados de Educação e Alunos.

Programa CUIDA-TE Medida 1

Estão abertas as candidaturas à Medida 1,entre 1 e 29 de Julho.

Programa CUIDA-TE Medida 3

Estão abertas as candidaturas à medida 3 do Programa CUIDA-TE – Teatro de Debate do IPJ.

As candidaturas decorrem até ao dia 15 de Julho.

 

Notícias

Vai realizar-se no dia 21 de Abril das 17 às 19H, na ESAS, uma acção de sensibilização sobre Substâncias Psicoactivas dirigida a Assistentes Operacionais. Esta acção, organizada pela ESAS e promovida pelo CRI de Braga (Delegação Regional Norte do Instituto da Droga e da Toxicodependência) insere-se...
Iniciou-se, quinta - feira, 11 de Março, na Escola EB 2,3 de Celeirós a acção formativa - Educação para a sexualidade em meio escolar: um treino de competências individuais, promovida pelo Centro de Formação da Casa do Professor. Frequentam a acção 20 professores e duas psicólogas da ESAS e da EB...
A probabilidade de um indivíduo sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) por volta dos 65 anos é maior no caso de um dos seus progenitores também ter passado pelo mesmo problema naquela idade, afirmam investigadores norte-americanos num artigo publicado no jornal Circulation. Muitos dos factores...
Quantidade de sal e conservantes presente nas carnes processadas aumenta significativamente o risco de doença cardíaca e diabetes, segundo um estudo da Universidade de Harvard. Esta conclusão baseou-se na análise a dados retirados de 20 estudos, que incluíram mais de 1.2 milhões de...
Decorreu hoje, 8 de Março,  no auditório do Bloco 3 pelas 10h,  uma sessão informativa  sobre Consumo de Drogas. Foi proferida pelo Dr. Luis Machado do Projecto Homem tendo  assistido  os alunos dos 10º S, U, 11ºR, S, U e do 12ºS. Durante 90 min foram abordados: alguns...
Foi hoje publicado no Journal of Abnormal Child Psychology um estudo que pode ajudar a combater este problema. A tese inicial é que crianças que aprendem a controlar a sua raiva e outras emoções têm melhor comportamento na sala de aula, apresentando menos medidas disciplinares ou suspensões. O...
Iniciaram-se no passado dia 1 de Março, no auditório da ESAS, as acções de sensibilização sobre Consumos Nocivos e Sexualidade, orientadas pelas Enfermeiras Margarida Cruz ,  Laura Alexandra e o Enfermeiro Leonel do ACES - Cávado I Braga. Estas acções destinam-se a todos os alunos do 10º ano...
Um estudo publicado na revista "Pediatrics" revela que as crianças que já são obesas aos três anos de idade podem apresentar sintomas semelhantes àqueles que são associados às doenças cardíacas em adultos. A investigação foi realizada por especialistas da Universidade da Carolina do Norte, nos...
<< 5 | 6 | 7 | 8 | 9

Número de Visitas